Dando sequência ao Diário da Gravidez, hoje vim contar para vocês como foi o segundo semestre da gravidez. Como todo mundo diz, esse é o melhor trimestre da gestação, e estou aqui para confirmar isso!

Para quem prefere acompanhar em vídeo, deixo abaixo o que fiz para o canal do Youtube. Mas se você prefere ler, é só continuar conferindo o post logo abaixo.

Como tive um primeiro trimestre tenso com os enjôos, falta de apetite e muito cansaço, eu estava muito ansiosa pela chegada do segundo trimestre. Infelizmente, o enjôo e a falta de apetite continuaram comigo pela maior parte do quarto mês. Já meu nível de energia melhorou muito desde o comecinho do trimestre, o que já ajudou bastante.

Ao final do quarto mês, felizmente os enjôos cessaram, foi um alívio tremendo! A partir daí, foi só alegria. Acho que meus hormônios já estavam bem mais sob controle, ou então pelo menos estavam trabalhando a meu favor.

Fiz todos os exames de rotina do segundo trimestre e tudo estava perfeitamente bem. Também fiz o ultrassom morfológico, que também estava perfeito.

Várias coisas legais aconteceram nesse trimestre: descobrimos o sexo do bebê (tem post do chá revelação aqui), viajamos para o Brasil para visitar a família e conhecer meu sobrinho que nasceu e tivemos nosso primeiro chá de bebê, também no Brasil (post aqui). Também começamos a comprar as coisas para o enxoval e para o quartinho da bebê nesse trimestre. Eu cheguei a comprar algumas poucas coisas no primeiro trimestre, mas foi no segundo que fiz praticamente todo o enxoval.

Como mencionei acima, viajamos para o Brasil e passamos lá todo o quinto mês da gestação. Quando voltamos, eu já estava entrando no sexto mês e quis acelerar o quartinho para não ficar atrasada. E em um mês praticamente tudo ficou pronto, mostrarei para vocês em breve.

Também foi durante o segundo trimestre que a barriga começou a aparecer. De forma muito engraçada, pois apareceu tudo de uma vez do quinto para o sexto mês! E foi nessa época também que comecei ganhar peso. Recuperei o peso que perdi no primeiro trimestre e ganhei 5kg comparado ao início da gravidez.

Hipertensão?

O único “susto” que tive durante o segundo trimestre aconteceu durante a viagem para o Brasil. Fomos para Natal, e no último dia da viagem eu passei um pouco mal e quando verifiquei minha pressão estava alta. Passei em um médico no Brasil mesmo, pois não quis esperar até voltar aos Estados Unidos para marcar, e o médico disse provavelmente se tratar da hipertensão gestacional e me prescreveu um remédio. O mais leve possível, nesse momento. Comprei o remédio e um monitor para acompanhar diariamente, e a partir daí ficou tudo bem.

Chegando aos Estados Unidos, marquei o meu médico, levei todos os exames e a receita, e ele decidiu manter tudo. Porém, não consegui encontrar o mesmo remédio por aqui e tivemos que trocar. E a partir daí começou a dor de cabeça, pois o remédio novo fez minha pressão começar a abaixar muito. Depois de algumas semanas turbulentas, passei por uma médica de alto risco, que avaliou a situação toda e todos meus relatórios de pressão, e disse que os médicos foram um pouco precipitados pois eu não apresentava sinais de hipertensão gestacionais, e que deveria ter sido apenas um caso isolado. Ela me pediu para parar com o remédio e continuar monitorando, e para minha felicidade, a pressão está perfeita desde então!

Pois é, não passou de um susto. Mas claro que vou ficar de olho aqui para ver se não volta a acontecer. Afinal é bem mais comum de se manifestar no final da gestação!

Fazendo um balanço desse trimestre, foi maravilhoso! Beeem diferente do primeiro. Passei o tempo todo de bom humor, com muita disposição e consegui curtir muito a gravidez nesse período! Estou na torcida agora para que o terceiro trimestre também seja leve e tranquilo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here