Com a nova temporada de The Sinner prestes a estrear na Netflix, percebi que não tinha falado ainda sobre ela por aqui. Assisti a série alguns meses atrás e gostei muito. É um suspense que foi lançado como uma minissérie de apenas oito episódios, porém fez tanto sucesso que decidiram lançar uma segunda temporada, que será inaugurada já em agosto.

A série é sobre Cora (Jessica Biel), uma mulher aparentemente normal, com uma rotina comum. Em uma manhã de domingo, durante um tranquilo passeio na praia com a família, ela tem um surto sem motivo aparente e esfaqueia um rapaz. Durante a investigação, o detetive Ambrose (Bill Pullman) acha estranho o ato sem alguma motivação, e começa a pesquisar o passado da moça, e é aí que as coisas começam a ficar interessantes.

O nome da série, que significa “a pecadora” em português, se refere a traumas religiosos de Cora, causados pela mãe da mulher. Um dos principais enigmas é entender quais são os esses pecados e quem os cometeu.

Assim como A Louva Deus, que já indiquei por aqui, esse seriado surpreende pela protagonista assassina feminina. Embora ela não tenha, de fato, um perfil de assassina, acho que esse é um dos fatos que já chama a atenção logo de início.

O suspense é viciante e queremos logo assistir todos os episódios para saber tudo. É engraçado como, ao mesmo tempo, sentimos empatia pela personagem principal, mas ficamos meio divididos por não saber se realmente ela tem alguma justificativa.

A atriz principal e também diretora é a atriz Jessica Biel, queridinha das comédias românticas. A produção é muito bem feita e as atuações são excelentes. Uma ótima opção de série para maratonar, como eu fiz. E estou aqui na torcida para que a nova temporada tenha a mesma qualidade!

11 COMENTÁRIOS

  1. Um dos pontos mais interessantes e envolventes de “The Sinner”, sem dúvidas, é a questão psicológica que envolve a protagonista, Cora, interpretada por Jéssica Biel. Christopher Abbott foi maravilhoso na série, este ator nos deixa outro projeto de qualidade chamado It comes at night, um dos filmes bons de terror do ano, de todas as suas filmografias essa é a que eu mais gostei, acho que deve ser a grande variedade de talentos. Será exibida na TV, a chave do sucesso é o bem que esta contada a historia e a trilha sonora, enfim, um dos meus preferidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here