Como organizar um chá de cozinha: passo a passo

Continuando com as dicas para noivas (voltando às origens do blog), hoje resolvi começar uma série sobre como organizar um chá de cozinha. Nesse primeiro post, fiz um roteiro básico, uma espécie de passo a passo para quem está começando a planejar o chá, e nos próximos posts trarei dicas mais detalhadas de cada etapa.

Até alguns anos atrás, eu não era muito fã dessas tradições pré-casamentos. Por isso, quando marquei meu casamento, logo falei que não faria chá de cozinha ou nada do tipo. Achava tudo um pouco antiquado e pensava que pelo trabalho que daria, valeria mais a pena eu mesma comprar os itens que ganharia.

Mas, de tanto ouvir aquela famosa frase “é só uma vez na vida”, e que eu devia fazer e seria divertido, acabei cedendo. E tive que dar o braço a torcer, pois simplesmente adorei! Me diverti muito, adorei o carinho das pessoas e, claro, ganhei presentes bem legais. Gostei tanto que, logo depois, ajudei a organizar mais dois chás de amigas queridas.

Por isso, decidi fazer essa série aqui para compartilhar essas dicas com vocês, para mostrar que é possível fazer algo fofo e divertido (e nada de antiquado). E são memórias que ficam para a vida toda!

Como organizar um chá de cozinha

Data / local

A primeira coisa, obviamente, é definir a data e o local. Coloco esses dois itens juntos, pois muitas vezes uma coisa depende da outra. Se for fazer no salão de festas do próprio condomínio, por exemplo, é preciso checar a disponibilidade de reservas e tudo mais. Justamente por isso, é importante reservar com antecedência, para não correr o risco de ficar sem a data desejada.

 

Lista de convidados

O segundo passo é montar a lista de convidados, nem que seja um rascunho. Isso é fundamental para todo o planejamento, pois é importante saber a quantidade de pessoas que participarão do chá, para definir as comidas, brincadeiras e tudo mais. Muita gente acaba fechando outras coisas antes disso, mas não é o ideal, pois há a chance de comprar coisa a mais e gastar desnecessariamente, ou, pior ainda, comprar a menos e faltar no dia.

Obs.: normalmente, esse tipo de evento tem uma quebra de 30% na participação das pessoas. Ou seja, se 100 pessoas forem convidadas, provavelmente cerca de 70 pessoas estarão presentes.

 

Tema e cores

Com essas informações básicas definidas, é hora de decidir qual será a cara da sua festa! Terá algum tema especial? Ou será sem tema, mas seguindo as cores preferida da noiva? É bom decidir isso no começo, para que tudo relacionado ao chá (convites, decoração, lembrancinhas etc) siga essa mesma identidade visual.

Como organizar um chá de cozinha

Presentes

Agora a noiva deve decidir o que quer ganhar! Embora o legal do chá de cozinha seja reunir as amigas e familiares para passarem um tempo gostoso junto, os presentes também fazem parte da tradição e são de grande ajuda para quem está nessa fase.

Isso pode ser feito de duas maneiras: com uma lista de presentes em alguma loja (essa opção está ficando cada vez mais popular) ou simplesmente com uma lista de itens para passar as indicações no convite. Nesse caso, vale a pena a noiva analisar o que realmente precisa para o novo lar.

É preciso ter bom senso na hora de definir os presentes: devem ser artigos baratos. Até porque as convidadas, certamente, também irão comprar um presente de casamento e a intenção do chá é comemorar e brincar com as amigas e familiares mais próximas.

Algumas noivas preferem deixar sem a sugestão de presente, para que as convidadas decidam o que querem dar. É válido, mas lembre-se que você irá correr o risco de ganhar três escumadeiras e nenhuma concha, por exemplo.

 

Convite

É bom decidir isso no início do planejamento, pois é legal que as pessoas sejam convidadas com alguma antecedência. Não precisa ser com a mesma antecedência do convite de casamento, é claro, mas uns 15 dias pelo menos está de bom tom.

Antes de tudo, é preciso definir como essas pessoas serão convidadas: convite impresso, convite digital ou telefone.

– Convite digital: Muitas noivas estão optando pela praticidade do convite digital, que evita o desgaste e a demora dos deslocamentos. Mas é preciso ficar atento em dois detalhes: quase sempre, tem aquela tia, mãe de amiga, vó, enfim, que não aderiu ao mundo digital. Além disso, se a opção for passar a sugestão de presente, é preciso lembrar de colocar essa informação específica em cada e-mail / mensagem.

– Convite impresso: apesar de dar mais trabalho, ainda é a opção preferida de muita gente (me incluo aqui!) pelo charme que é! Sem contar que, pra quem recebe, também é um mimo né? Mas, é claro, exige um tempo grande de deslocamento para entregar. Nessa hora, é bom contar com a ajuda das amigas e da família. Outras alternativas são enviar pelos Correios ou aproveitar o dia da entrega do convite de casamento.

– Telefone: não recomendo muito. Apesar de ser um evento mais informal, é legal enviar um convite mesmo, com todas as informações por escrito, para não ter erro.

 

Comidas

Hummmm, chegou a vez da parte mais gostosa da festa! Tradicionalmente, até mesmo pelo nome, o chá de cozinha é feito durante um “chá” da tarde. Não que precise, necessariamente, do chá. Mas as comidinhas são relacionadas a essa refeição. Alguns itens podem ser coringas, como lanche de metro, torradas com patês e salgadinhos (coxinhas, pão de queijo, kibe etc), mas tudo depende do gosto, inspiração, tema e horário escolhidos.

Se for em horário de almoço ou janta, é importante levar isso em consideração e colocar opções que matem a fome mesmo. Mas se for à tarde, algumas coisinhas gostosas para beliscar são o suficiente.

Ah, e os doces não podem faltar, normalmente eles são a atração principal da mesa de comidas! E vale a criatividade na hora de definir.

Como organizar um chá de cozinha

Decoração

Sabendo o local, a quantidade de pessoas, o tema e o tipo de comida que será servido, já dá pra pensar mais claramente na “carinha” da festa. Aqui vale usar e abusar da criatividade.

E nem é preciso gastar muito pra isso. Uma simples garrafinha de Tubaína ou Smirnoff Ice que iriam para a reciclagem, por exemplo, podem ganhar um lacinho, uma flor, um rótulo bonitinho e virar um belo centro de mesa. A beleza do evento está na delicadeza de cada detalhe.

Nessa hora, liste tudo o que precisará para a decoração no dia: flores, balões, toalhas de mesa (as próprias mesinhas, se o espaço não tiver), fitas, porta-retratos, enfim, tudo o que desejar. Depois, mãos à obra!

No post sobre decoração, darei algumas dicas do que pode ser feito!

 

Brincadeiras

São as brincadeiras que irão direcionar como será o seu chá! E isso depende muito do estilo da noiva. Há infinitas opções de brincadeiras, que divertem muito os convidados e não precisam, necessariamente, envolver castigos muito ousados!

Defina previamente quais serão as brincadeiras e já deixe separado tudo o que será necessário (papéis, canetas, brindes, acessórios, etc).

Também farei um post específico sobre elas, no qual vou dar algumas dicas de algumas que eu gosto bastante.

 

Lembrancinhas

Não é um item obrigatório, mas um agrado para aquelas pessoas que quiseram celebrar esse momento com você. E não precisa ser algo caro: um bombom com embrulho bonitinho já é uma lembrancinha bem simpática. As opções são inúmeras!

Por hoje é isso, apenas um “guia” para que vocês consigam se organizar. Volto em breve para detalhar mais alguns desses itens.

Posts que podem lhe interessar

7 Comentários

  1. Me lembrei de quando eu fiz o meu chá de cozinha, tive dois! E foi uma loucura para organizar, sem contar o estresse, mas foi muito bom. E o meu eu optei por não ter brincadeiras hahaha.

    Adorei seu post.

    Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *