Olá, pessoal! Demorei, mas vim aqui fazer o meu Diário de Viagem de Maragogi, que merece muito o título de Caribe brasileiro! Eu e o Thi fomos para lá em outubro desse ano, em uma viagem na qual dividimos 9 dias entre Maragogi e Porto de Galinhas, com algumas paradas adicionais.

maragogi

Dia 1

Na ida, chegamos pelo Aeroporto Internacional de Maceió – Zumbi dos Palmares, onde já tínhamos deixado a reserva de carro feita pela Localiza (reservamos para retirar em Maceió e devolver em Recife, para isso é cobrada uma taxa adicional, mas vale mais a pena do que voltar o trecho todo no final da viagem).

Logo que pegamos o carro, seguimos para São Miguel dos Milagres / AL, que fica a mais ou menos 1h30 de Maragogi. Esse é um passeio bem tradicional feito de quem vai para Maragogi, e como ficava no caminho de Maceió para lá, resolvemos pegar uma estadia de um dia na cidade para prosseguir depois. Nos hospedamos na Pousada Vida Sol, que por sinal eu super recomendo! É uma pousada pé na areia, com quartos grandes e confortáveis (e bem diferentes, eu diria, o banheiro é uma espécie de casa de banho enorme), varandas com redes em todos os quartos, piscina, serviço de praia etc, e o melhor: ótimo custo-benefício. Gostamos tanto que ficamos com vontade de voltar em uma viagem futura para ficar somente lá por uma semana.

Pousada Vida Sol

Pousada Vida Sol

E a praia de São Miguel era tudo que tínhamos lido: linda, paradisíaca, bem vazias (estávamos em baixa temporada e isso ajudou, mas ela é mais vazia do que Maragogi por exemplo), águas rasas e quentes. Uma delícia! E um detalhe: sinal de telefone / internet é super raro por lá. Para quem usa Claro, até funciona mas não tão bem. Para nós, que temos Vivo, foi um dia totalmente desconectados de tudo. Ou seja: ótimo mesmo para relaxar e se desligar do mundo!

São Miguel dos Milagres

Dia 2

Depois desse dia relaxante e ótimo para começar a viagem, prosseguimos com o roteiro. Antes de seguir, porém, decidimos almoçar em um restaurante que tínhamos lido a respeito antes de viajar, que chama No Quintal. É um restaurante de um casal de paulistas que abandonaram a vida agitada para morar em São Miguel, e abriram esse restaurante encantador no quintal da casa deles. Comida deliciosa e ambiente incrível, ótima opção para quem estiver na cidade.

Restaurante No Quintal

Para essa tarde, ao invés de seguir direto para Maragogi, resolvemos fazer uma parada na Praia do Patacho (Porto das Pedras / AL), que é outro passeio tradicional da região (já aproveitamos e fomos fazendo os passeios antes mesmo de se hospedar no destino principal rs). Simplesmente me apaixonei por esse lugar! Na minha opinião, foi a melhor praia para banho da região, pois é praticamente uma piscina. Dá para entrar acho que 1km na água sem que ela passe da cintura, e a água é quente como piscina aquecida (o que é ótimo pra mim, que não consigo encarar água gelada mesmo em dias quentes).

Praia de Patacho - Porto das Pedras

Para prosseguir a viagem de Porto das Pedras para Maragogi, optamos por pegar a balsa que atravessa o Rio Manguaba. O trajeto é bem curto (menos que 10 minutos) e a vista é incrível!

balsa Rio Manguaba

Chegando oficialmente em Maragogi, nos hospedamos na Pousada Tartaruga, que fica na região central. Por ser um local mais caro que São Miguel, a diária saiu o mesmo valor, mas o local é mais simples, porém confortável (suíte com cama queen, cama confortável, chuveiro bom, TV, wi-fi e café da manhã). Para o que precisávamos, atendeu super bem. Como já chegamos no começo da noite, somente jantamos. Escolhemos a pizzaria Regina, que tem uma pizza bem gostosa e um preço justo. Para quem for, recomendo a pizza de sorvete!

Dia 3

A primeira praia da cidade de Maragogi mesmo que fomos conhecer foi a praia de Burgalhau. Fomos caminhando da praia do centro para lá. Para quem for fazer isso, só é importante consultar a maré antes de ir, pois é preciso atravessar um rio no caminho. Com a maré baixa, como pegamos, foi super tranquilo, mas se estiver alta, é melhor ir de carro pela estrada mesmo. Achamos a praia lindíssima! Tem um pouco mais de ondas que as anteriores, mas uma cor linda e temperatura agradável. Passamos o dia em um restaurante bem confortável (Restaurante Burgalhau). Gostei e achei o preço ok, porém a média de preços da região em si (Maragogi) é um pouco alta.

Praia Burgalhau - Maragogi

À noite, fizemos uma refeição bem típica no Marapiocas – Brilho do Mar: cuscuz recheado com carne seca e suco de mangaba.  Adoramos, principalmente o suco de mangaba, que nunca tínhamos escutado falar!

 Dia 4

Para começar o dia, ficamos uma parte na manhã na praia central mesmo, em frente ao hotel. Porém, apesar de ser a praia mais movimentada (e talvez justamente por isso), não é a melhor praia para passar o dia.

Maragogi

Maragogi

Por isso, seguimos para a praia Ponta de Mangue. Simplesmente adoramos essas praias do norte de Maragogi, são deliciosas! E essa é especialmente linda, amei. Passamos o dia no receptivo Sabor do Mar, também bem confortável e com comida muito boa, mas com a mesma observação com relação aos valores.

Praia Ponta de Mangue - Maragogi

Praia Ponta de Mangue - Maragogi

Antes de voltar para o hotel, passamos para conhecer também a praia de Antunes, também muito linda. Para jantar, fomos em um restaurante super tradicional da cidade, o Maragaço. O local é bem simples, mas a comida é muito gostosa! Mas acho que pelo ambiente e tudo mais, o valor poderia ser mais amigável. Acho que pesa muito o fator do local, que tem um preço altinho para refeições.

Dia 5

Esse era o dia do nosso check out, mas escolhemos essa manhã para fazer o tradicional mergulho nas Galés por ser o dia que estava com a melhor maré. Digo mergulho, mas no meu caso foi apenas o passeio pelas piscinas naturais mesmo, pois meu corpo não se adapta muito com a temperatura da água para mergulhar (e confesso que testei usar o equipamento de mergulho e não me dei muito bem, não consigo não respirar pelo nariz pois me dá sensação de asfixia), mas o Thi foi e adorou a experiência! Apesar de ser e melhor maré nesses dias, ela não estava tão boa assim, então o passeio foi legal, mas acabei curtindo mais as piscinas naturais de Porto de Galinhas (na qual pegamos a maré perfeita).

piscinas naturais Maragogi - Galés

Quando voltamos do passeio, fizemos o check out no hotel e seguimos para Porto de Galinhas, que contarei em um próximo post. Também fiz vlog da viagem para o canal, e para quem quiser ver mais um pouquinho, deixo o vídeo abaixo:

Espero que tenham gostado, e qualquer dúvida, fico à disposição para responder pelos comentários!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here